Patrocinadores

In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player

Powered by RS Web Solutions

Jornal A Voz do Bonfim

Previsão do Tempo

 

Papa visitará campo de futebol em favela e encontrará jovens detentos no Rio

 

O Vaticano divulgou nesta terça-feira (7) a programação oficial da viagem do papa Francisco ao Brasil. Ele chega ao país na tarde de 22 de julho, e será recebido pela presidente Dilma Rousseff, pelo governador Sérgio Cabral, o prefeito Eduardo Paes e por representantes da igreja e autoridades no aeroporto internacional do Galeão, no Rio de Janeiro. Entre as programações previstas, está a visita a um campo de futebol na comunidade de Varginha/Manguinhos, na zona norte do Rio e o encontro com jovens detentos.

Francisco deixa o aeroporto de papamóvel, e vai ao Palácio Guanabara, onde haverá uma recepção para autoridades, seguida por uma reunião privada entre o papa e a presidente.

Depois ele se dirige à Residência Assunção, no alto da estrada do Sumaré, que já hospedou João Paulo 2º duas vezes. Durante a estada no Rio o papa ficará hospedado no local.

No dia 23 o pontífice terá agenda privada, e em 24 de julho vai de helicóptero até a cidade de Aparecida (SP), onde celebra missa no Santuário Nacional. Ele retorna ao Rio de Janeiro no final do dia e visita o hospital São Francisco de Assis, que se dedica à recuperação de dependentes da droga e do álcool.

Dia 25 Francisco celebrará missa privada na Residência do Sumaré, e depois vai até o Palácio da Cidade onde recebe as chaves da cidade das mãos do prefeito Eduardo Paes. Em seguida ele visita a comunidade da Varginha/Manguinhos, pacificada em 2012. Lá ele se reúne com párocos locais e visita um campo de futebol e a casa de uma família da comunidade.

Durante a tarde o papa se dirige à praia de Copacabana, onde acontece a Festa da Acolhida, com jovens participantes da JMJ (Jornada Mundial da Juventude). 

Dia 26 ele vai até a Quinta da Boa Vista, onde irá confessar cinco jovens provenientes de todos os continentes. Depois o pontífice se encontra com o arcebispo do Rio de Janeiro em sua residência oficial. Lá o papa irá se encontrar reservadamente com cinco jovens detentos.

À tarde Francisco reza o Angelus e se encontra com membros do comitê organizador da JMJ e seus patrocinadores. No fim do dia ele visita novamente a praia de Copacabana para a Via Sacra com os jovens.

No sábado 27 o papa reza missa na catedral da cidade, e depois se encontra com diplomatas, políticos e artistas no Teatro Municipal.

Dia 28 o pontífice sobrevoa de helicóptero o Cristo Redentor. Depois ele celebra missa em Guaratiba com os jovens da JMJ, com presença da presidente Dilma. No final do dia será anunciado o local onde será realizada a próxima Jornada.

Durante a tarde o papa se encontra com a coordenação da CELAM (Conselho Episcopal Latino-Americano), composto por 45 bispos.

No dia 29 Francisco vai ao Rio Centro, onde encontrará cerca de 15 mil voluntários da JMJ.

Às 18h30 será realizada uma cerimônia de despedida no aeroporto Galeão, e o papa retorna a Roma.