Patrocinadores

In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player

Powered by RS Web Solutions

Jornal A Voz do Bonfim

Previsão do Tempo

O que é a Pastoral Familiar

 

É um serviço que se realiza na Igreja e com a Igreja, de forma organizada e planejada através de agentes específicos, com metodologia própria, tendo como objetivo apoiar a família a partir da realidade em que se encontra, para que possa existir e viver dignamente, estabelecer relacionamentos e formar as novas gerações conforme o plano de Deus.

Abrange todas as famílias, independentemente  de sua situação familiar, com o propósito de promover a inclusão e resgatar os valores e a dignidade de cada pessoa.

 

Como começou?

No Concílio Vaticano II começou-se a delinear uma proposta inspiradora para os esforços da evangelização da família. Desde o início de seu pontificado, o Papa João Paulo II dedicou atenção especial à família.

No Brasil, a Pastoral Familiar começou a sistematizar a sua caminhada na década  de 80, onde foram realizados vários encontros nacionais com os representantes de alguns movimentos e serviços familiares. 

Em 1981, no IV Sínodo dos Bispos, foi promulgada a Exortação Apostólica Familiares Consortio sobre a missão da família cristã no mundo de hoje.  Papa João Paulo II

Desde então, foram realizadas muitas ações pela Igreja no Brasil, mas, percebe-se que a missão da Pastoral Familiar é muito mais ampla, urgente e indispensável.  Atualmente, a Pastoral Familiar pode contribuir pra que a família seja reconhecida e vivida como lugar não somente de sacrifício, mas também de realização humana, a mais intensa possível na experiência de paternidade, de maternidade, de filiação, como estrutura de um pertencer que desperte o crescimento, maturidade, e proporcione satisfação. (cf. Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, 2008-2010, n. 129) Por isso, a família deve ser ajudada por uma pastoral familiar intensa e vigorosa. cf. Bento XVI, Discurso inaugural, Aparecida, 2007, n.5)

 

MISSÃO da Pastoral Familiar 

•Fazer da família uma comunidade  cristã;

•Fazer com que a família seja santuário de vida;

•Resgatar para a família seu justo valor de célula primeira e vital da sociedade;

•Tornar a família missionária e Igreja doméstica.

 

Objetivos  da Pastoral Familiar 

•Formar Agentes Qualificados;

•Acolher toda família a partir da realidade em que se encontra;

•Santificar os laços familiares;

•Apoiar a família no seu papel educador;

•Promover a Missão em família;

•Valorizar os tempos litúrgicos e datas civis;

•Articular o trabalho em conjunto com as outras pastorais e movimentos eclesiais;

•Estabelecer articulações também com as forças externas à Igreja.

 

Propõem para as paróquias:

•Setor Pré-Matrimonial

–Preparação remota: articular com Batismo, Crisma, jovens, catequese e escola.

–Preparação próxima: Evangelizar namorados e noivos.

–Preparação imediata: Diálogo dos noivos com o Padre, Retiro Espiritual, Rito Sacramental e Celebração.

 

•Setor Pós-Matrimonial

–Oferecer ajuda e formação para recém-casados e grupos familiares.

–Formação contínua para a vida conjugal, familiar e comunitária e Celebrações especiais.

 

•Setor Casos Especiais

–Os casais em segunda união e seus filhos sejam acolhidos, acompanhados e incentivados, conforme sua situação, a participarem da vida da Igreja, segundo as orientações do Magistério (cf. Diretrizes... N.133)

–Acompanhar as diferentes realidades das famílias de migrantes, mães e pais solteiros, famílias com filhos deficientes ou drogados, famílias distanciadas da Igreja, matrimônio mistos, atenção especial aos idosos, viúvos, alcoolismo etc.

 

Pastoral Orgânica

•A Pastoral Familiar constrói sua organicidade buscando estabelecer cooperação com outras iniciativas da Igreja, no estilo Corpo de Cristo.

•É uma pastoral  bastante abrangente, inclui o casal,  os filhos, os parentes, a comunidade e a sociedade. Por isso, deve trabalhar com as outras pastorais, porque tudo parte da família e, ao mesmo tempo, tudo se dirige à família, é voltado para a família , “um dos eixos transversais de toda ação evangelizadora”.

•A  Pastoral Familiar surge como uma resposta da Igreja em favor da família que, agredida, se desestrutura e tem dificuldades de existir, evangelizar os  relacionamentos, e formar cidadãos.

•Já dizia João Paulo II que “o futuro da humanidade passa pela família”. Isso significa que na medida em que descuidamos dessa instituição básica da sociedade que é a família, na medida em que não a reconstruirmos e fortalecermos, na medida em que a deixarmos ir à deriva e não lhe dermos condições ótimas de cumprir sua vocação e sua missão,

•Nessa medida, o futuro da humanidade fica ameaçado. A família é essencial para construir um futuro digno para a sociedade humana. A verdade é que tudo passa pela família. Para o ser humano, tudo se inicia na família. Ali postos os fundamentos sobre os quais se constrói a vida de cada um.

•Como podemos ver, a Pastoral Familiar não trabalha sozinha, ela na verdade já é feita hoje em cada ação que cada pastoral toma na direção da família.

•Como exemplo prático, na realidade da comunidade  Senhor do Bonfim, destacamos o trabalho de conscientização que a catequese realiza com os pais, o trabalho de união da família realizado pelo HUVA, o trabalho de conscientização feito pelos agentes da Pastoral da Criança ao visitar e esclarecer as familiar das crianças cuidadas por esta pastoral, entre outros desenvolvidos nas diversas atuações.

•A  grande proposta que a Pastoral Familiar traz é a do alinhamento destas e das demais iniciativas da igreja em prol da família, servindo de eixo sobre o qual as demais pastorais podem se apoiar para buscar as ações que faltam a cada pastoral.

 

Implantação da Pastoral Familiar na Paróquia Senhor do Bonfim

•A implantação da Pastoral Familiar em nossa paróquia se inicia com um convite do Frei Raphael ao casal Sivonei e Célia para que promovessem e implantassem a pastoral. Atendendo a este convite este casal começa a se preparar através de formações realizadas na Diocese de Santo André.

•Em 8 de Maio de 2010 realiza-se a primeira formação da Pastoral Familiar em nossa paróquia onde tivemos a presença do casal Toninho e Osmarina, então coordenadores da Pastoral Familiar Diocesana.

•Nesta tarde de formação foi feito o convite para que os participantes abraçassem a causa desta pastoral e, juntos implantarem oficialmente a pastoral na paróquia.

•A proposta tem a adesão de 15 paroquianos, já atuantes na comunidade no ECC, Terço Masculino, Grupos de Rua, Grupo HUVA, Catequese, Pastoral Familiar.

•Este grupo, inicia o estudo do Guia de Implantação da Pastoral Familiar, com 8 reuniões temáticas entre Junho e Dezembro de 2010. Torna-se clara a proposta e conscientiza a todos os participantes do trabalho de evangelização da Família e o objetivo de atuação junto as demais pastorais para este trabalho.

•O objetivo de 2011 é divulgar esses  objetivos da Pastoral Familiar para toda a Paróquia, já promovendo ações concretas previstas a partir de Julho em prol da família.